Volume
Fantástico 08/10/2017 Escola elimina distinção entre brinquedos de menina ou de menino
De muitas maneiras, a rede Globo é uma das grandes defensoras da chamada ideologia de gênero. Seja através da ficção, como na novela “A Força do Querer”, seja em programas de debate como o “Encontro”. Na edição deste domingo (8) do Fantástico, a abordagem foi bastante sutil, mas não menos perigosa. Tentando colocar como uma “brincadeira de criança”, a reportagem com mais de cinco minutos – espaço grande para a TV – mostrou como um casal e uma escola estão eliminando as tradicionais barreiras entre o que é “de menino” e o que é “de menina”
COMENTÁRIOS
Publicidade