Volume
PR: Homem invade igreja e quebra todas imagens sacras do templo.
04/01/2018 - 19h53 em Religião

"Deus tenha misericórdia de uma pessoa dessas, que destrói imagens sagradas. Não dá para acreditar!".

 

Um homem de 30 anos invadiu a igreja matriz da Paróquia Santa Cecília, em Santa Cecília do Pavão, na região norte do Paraná, na noite de sábado (30) e destruiu todas as imagens religiosas que estavam no local, inclusive uma que foi colocada no topo da igreja.

 

Conforme a Polícia Militar, a igreja estava fechada e foi invadida por volta de 20h40. O suspeito quebrou uma janela de vidro para entrar e quebrar todas as imagens sacras que estavam no local.

 

Em seguida, ele ainda subiu até o topo da igreja e destruiu a imagem que postada na parte externa, perto do sino. Ainda segundo a PM, o homem aparentava estar em surto e foi taxativo ao dizer que "Deus tinha pedido para que ele fizesse aquilo". Ele não aparentava sinais de embriaguez, segundo a polícia.

 

O homem foi detido e levado pela PM ao destacamento, para lavratura de termo circunstanciado e, posteriormente, encaminhado ao Hospital Santa Casa de Cornélio Procópio. 

 

Imagens

O prefeito de Santa Cecília do Pavão, Edimar Santos, postou em seu perfil no Facebook vídeo e as fotos das imagens quebradas e lamentou o ocorrido. Nos comentários, moradores da cidade também manifestaram a tristeza pela situação, mas disseram que a fé deles se mantém inabalável.

 

"Deus tenha misericórdia de uma pessoa dessas, que destrói imagens sagradas. Não dá para acreditar!", comentou uma internauta. "Nossa igreja foi mais uma vez destruída, mas a igreja que habita dentro de nós, essa não pode ser destruída pelas mãos humanas, porque foi fundada pelo alicerce de Nosso Senhor Jesus Cristo. Vamos nos unir novamente e reconstruir cada imagem, se Deus quiser", disse outra.

 

Outro internauta aproveitou para pedir ao prefeito que tome providências. "Amigo Edimar, você deve e tem obrigação de cobrar das autoridades criminais do município que cumpram a lei com rigor e não deixe passar em branco um crime que vai sair em rede nacional", afirmou.

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!