Volume
Igreja evangélica junta craques em futebol solidário.
03/01/2018 - 18h10 em Religião

Projeto Craques da Paz realizou festa e conseguiu arrecadar centenas de quilos de alimentos e brinquedos

 

Missão cumprida com a bênção de Deus. Essa era a sensação do pastor Ricardo Pinudo, coordenador do projeto Craques da Paz, após o evento realizado na noite da ultima sexta-feira (29).

 

A programação contou com duas partidas de futebol, apresentações artísticas e um coral de crianças da comunidade do Chapadão, em Costa Barros. A festa teve a presença de muitos jogadores, cantores, personalidades e líderes evangélicos, no Centro de Futebol Zico (CFZ) no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Mas o principal: arrecadou centenas de quilos de alimentos e brinquedos para o projeto Viver, da Junta de Missões Nacionais.

 

Mesmo com grande possibilidade de chuva, mais de duas mil pessoas participaram e saíram satisfeitas. O Pastor Ricardo agradeceu a todos por mais uma edição do projeto.

 

– Fico muito feliz pela presença de todo mundo. Vamos conseguir ajudar muita gente com essa ação. A presença de Deus foi maravilhosa. Até a chuva deu uma trégua para tudo acontecer normalmente. Foi uma grande festa, e tenho certeza de que vamos seguir com esse projeto por muitos anos – disse.

 

A primeira etapa do evento foi uma partida entre líderes evangélicos, amigos da igreja e alguns cantores. Em seguida, atletas de futebol freestyle mostraram muita habilidade com a bola e em movimentos acrobáticos, que levantaram a torcida na arquibancada. Antes da partida principal, o coral de crianças do Chapadão emocionou o pastor JR Vargas, que é comunicador da Rádio 93 FM.

 

– É espetacular ouvir essas crianças. Elas têm uma vida difícil, pois moram em uma das comunidades mais perigosas do Rio. Mas tenho certeza que projetos como esse ajudam a salvá-las das situações ruins e aproximá-las de Deus – apontou JR, que foi um dos mestres de cerimônia da festa.

 

O momento mais esperado por todos era o jogo com atletas do passado e do presente, além de alguns convidados especiais. Um deles foi o pastor e cantor Waguinho, que fez questão de exaltar o real espírito da festa.

 

– É muito bom ver grandes nomes do futebol brasileiro aqui nesse evento. A partida é o de menos. O que vale aqui é o lado beneficente do projeto. Ainda mais que é uma grande oportunidade de louvarmos ao Senhor e mostrar a quem ainda não conhece a Palavra – afirmou Waguinho, que esteve ao lado de outros cantores como Lea Mendonça e o pagodeiro Mumuzinho.

 

Entre os jogadores, a partida contou com nomes de Fabinho (ex-Flamengo, Fluminense e Bangu) Josimar (ex-Botafogo), Fernando (ex-Flamengo e Vasco), William Barbio (ex-Vasco), Cássio (ex-Vasco), Hugo (ex-Flamengo), Lúcio Flávio (ex-Botafogo), Marcelo Augusto (ex-Botafogo), Duílio (ex-Fluminense e America), Marcelo Sander (ex-Fluminense), Leandro Guerreiro (ex-Botafogo), Evander (Vasco) e Camilo (Internacional e ex-Botafogo). Além deles, dois ex-craques também marcaram presença. Ricardo Rocha, campeão do Mundo com a Seleção em 94, e Felipe, lateral e meia, que foi ídolo no Vasco e Flamengo. Mas a dupla não entrou em campo. O técnico Jair Pereira foi outro que apareceu no CFZ.

 

O placar final ficou em 5 a 4 para o time azul, que foi comandado por Evander, do Vasco. Mas o grande artilheiro da noite foi Camilo, do Internacional, com três gols. O meia ex-Botafogo, que é evangélico, mostrou toda a alegria em poder participar de mais uma edição dos Craques da Paz.

 

– Tenho muito orgulho em estar presente aqui. Espero que tenhamos dado alegria para todos e que o evento tenha arrecadado muito para crianças e necessitados. Eventos como esse é que mostram o amor de Deus com as pessoas. Tenho certeza que Ele vai iluminar todo mundo que ajudou em 2018 – decretou Camilo.

 

No final, o pastor Ricardo pegou o microfone e chamou o pastor presidente da Igreja Batista do Recreio, Wander Gomes, para fazer uma prece agradecendo aos presentes e a Deus pela oportunidade de promover mais uma festa de sucesso.

 

Com informações da Assessoria.

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!