Volume
Jean Wyllys processa Abílio Santana e pede R$ 37 mil de indenização
11/10/2017 - 0h55 em Politica

O motivo seria um suposto vídeo onde o pastor critica o parlamentar por defender a pedofilia.

 

O pastor Abílio Santana está sendo processado novamente, desta vez, pelo deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ).

 

Na última sexta-feira (6) o juiz Raimundo César Ferreira da Costa autorizou a intimação do pastor.

No processo, o parlamentar acusa o pastor de ter feito uma transmissão ao vivo em seu Facebook  dizendo que o deputado do PSOL estaria defendendo a pedofilia por dizer que no mundo muçulmano uma criança de dez anos pode se casar com um adulto e que, portanto, é uma questão cultural que o Brasil precisa amadurecer.

 

As declarações do pastor Abílio neste vídeo teriam ofendido o parlamentar que resolveu pedir na Justiça por seus direitos, resultando neste processo que agora toma proporções maiores.

 

O pastor Abílio Santana cumpre agenda na Europa e ainda não recebeu a intimação.

 

Procurado pela reportagem, o advogado do religioso avisou que estaria procurando informações sobre o caso para poder se pronunciar e analisar as medidas cabíveis para defender seu cliente.

 

Segundo fonte, Jean Wyllys está pedindo a exclusão do vídeo, uma retratação e ainda uma indenização no valor de R$ 37 mil.

 

Com informações da Assessoria

 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Publicidade