Pastor que manteve relacionamento com a madrasta, juntos fundam ministério milionário.
07/09/2017 - 21h33 em Religião

No ano de 2011 o pastor Patrick Moura era bastante famoso e tinha credibilidade em pregar em igrejas como a Batista da Lagoinha, e inclusive tinha grande apoio do pastor e cantor André Valadão.

 

Sua queda começou quando seu pai, o bispo Saulo Moura, desconfiou da relação de sua esposa Roberta Moura e seu filho, pois Patrick era enteado de Roberta.

 

Depois de confrontada, Roberta negou tudo, e o bispo ainda não satisfeito, em pleno culto, chamou sua esposa para o altar e a fez jurar com a mão sobre a bíblia que não teria relacionamento sexual com nenhum outro homem.

 

Esta atitude gerou uma credibilidade de Saulo para com os fiéis, que não sabiam o que estaria por vir.

 

Veja na íntegra o vídeo do juramento:

Dias após este juramento, o relacionamento amoroso de Patrick Moura e sua madrasta veio à tona, o que ocasionou um enorme reboliço nas redes sociais.

André Valadão se mostrou arrependido, chamou o jovem pastor de “moleque”, e pediu perdão a igreja por ter aberto as portas para Patrick.

Patrick e Roberta Moura assumiram o relacionamento e tentaram inúmeras vezes se casar, porém, no Brasil de acordo com o artigo 1595 § 2° do Novo Código Civil, madrasta e enteado e padrasto e enteada não podem constituir casamento ou união estável, mesmo depois de dissolvido o vínculo anterior.

 

Há rumores de que eles casaram na Argentina, pois lá este tipo de prática.

 

Atualmente eles lideram a Influenciando Church, que já tem mais de mil membros.

E, inaugurando novas celulas

 

 

 

 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Publicidade4
Publicidade