Volume
Redes
Sociais
Lula diz que não chegou onde chegou 'sem o dedo de Deus'
01/09/2017 - 15h09 em Politica

Ex-presidente esteve em Ouricuri, no sertão pernambucano.

  

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse nesta quinta-feira (31) durante evento de sua caravana pelo Nordeste que, não teria chegado onde chegou "sem o dedo de Deus".

 

E que disputou a Presidência não apenas para "governar o país, porque governar qualquer um governa". "O que eu queria era provar que sei cuidar deles", disse, referindo-se ao povo.

 

Lula esteve em Ouricuri, no sertão pernambucano. Em tom paternalista e em franca campanha para 2018, defendeu o Nordeste, seu maior esteio eleitoral, o Bolsa Família e o tratamento que diz ter dispensado aos prefeitos brasileiros em seus dois mandatos.

 

"Fui o presidente que durante oito anos não deixou de receber nenhum prefeito de qualquer partido político", disse.

 

Como tem sido praxe em seus discursos, Lula voltou a atacar "as elites" que, segundo ele, teriam sido responsáveis pelo impeachment da ex-presidente Dilma, que não gostam do Nordeste e que querem acabar com os programas sociais.

 

"As pessoas que são ricas não deram nenhuma importância e diziam que o Lula criou o Bolsa Família e que isso ia deixar todo mundo vagabundo", disse.

 

"Eles derrubaram a Dilma porque o PT estava mostrando que o pobre não tem de morar na senzala."

 

No final de seu discurso, Lula falou rapidamente sobre as denúncias de corrupção contra ele e que voltaria ao Nordeste para pedir desculpas à população se algo for provado.

 

Lula defendeu que a "mídia" faça o mesmo caso ele venha ser inocentado das acusações.

 

Com informações da Folhapress.

 

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Publicidade