Volume
Produtores de café aprovam seminário do Sebrae em Alta Floresta D’Oeste.
17/08/2017 - 10h12 em Agronegocios

 

O evento teve a participação da Suder e foi realizado no Parque de Exposições do município.

 

Cerca de 150 produtores de café que participaram do projeto Cafeicultura de Rondônia, desenvolvido pelo Sebrae, participaram durante todo o dia da última quinta-feira (10) do I Seminário Rural Regional: Tecnologias e Sustentabilidade.

O evento foi realizado no Parque de Exposições de Alta Floresta D’Oeste em uma co-realização com a Superintendência de Desenvolvimento de Rondônia (Suder), em ação do Convênio 120/PGE/2016, contando também com a parceria da Empresa Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater-Ro), da Secretaria Municipal de Agricultura, Indústria e Comércio e de outras entidades.

Durante o seminário foram realizadas as palestras “Currículo de Sustentabilidade”, “Qualidade e Comercialização” e “Manejo e Irrigação”, além da mesa redonda com especialistas.

Para Demóstenes Marcos do Nascimento, Analista Técnico do escritório do Sebrae em Cacoal, o Seminário Rural Regional alcançou seu objetivo ao recepcionar uma grande quantidade de produtores.

Ele chamou a atenção dos agricultores, preocupados com a qualidade da sua produção de grãos, pois, para ele, todo o trabalho do ciclo do café é responsável pela qualidade final do produto.

Cintia Nunes Salvador, também Analista Técnica e gestora do Projeto Café do Sebrae também esteve no encontro e, segundo ela, o projeto nasceu com o objetivo de desenvolver a cultura do café no estado,  destacando que a realização do seminário em Alta Floresta D’Oeste é sinal de que o projeto está dando certo.

O produtor Anderson de Castro trabalha com a família em uma propriedade no município de Alto Alegre dos Parecis, onde cultiva uma lavoura de doze mil pés de café com mudas em clone.

Recentemente ele foi sorteado para participar de um seminário com cafeicultores no Espírito Santo e declarou que a oportunidade de estar presente no evento se deu graças ao apoio do Sebrae em Rondônia.

Édio Felberg cultiva café em Alta Floresta D’Oeste há dois anos, e destacou que os projetos do Sebrae voltados para o setor foram fundamentais para que ele tomasse a decisão de investir no segmento.

Felberg disse também que a presença de técnicos do órgão nas propriedades representa a ferramenta que os produtores necessitam para progredirem ainda mais.

Para o Secretário Municipal de Agricultura, Gio Damo, a equipe técnica da Semagri tem o maior interesse em consolidar parcerias com órgãos que apoiam o setor em Alta Floresta.

 

O Secretário assegurou que a cafeicultura no município é quase 100% familiar, gerando receita e movimentação financeira local, e lembrou que 60 produtores do seu município foram selecionados para participar do programa do Sebrae.

 

 

Entre os critérios de seleção estão os cuidados com a sustentabilidade, a preservação de nascentes, o uso racional da água e o desejo de ser qualificado.

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Publicidade