“Menino do Acre” reaparece depois de quase cinco meses desaparecido
11/08/2017 - 14h12 em Gerais

 

Segundo a família de Bruno Borges, rapaz estava em Rio Branco e passa bem.

 

Bruno Borges deixou 14 livros escritos antes de desaparecer Arquivo Pessoal

 

O estudante de psicologia Bruno Borges, de 25 anos, que estava desaparecido no Acre há quase cinco meses, retornou para casa dos pais, em Rio Branco, nesta sexta-feira (11).

Por volta das 11h10, uma mulher chegou a casa, entrou, mas saiu minutos depois sozinha.

Antes dela, a irmã de Bruno também deixou a residência. O que se sabe, até o momento, extraoficialmente, é que Bruno teria sido levado à casa de um familiar, onde teria mais discrição para ficar com a família.

De acordo com o pai do rapaz, o empresário Athos Borges, ele está bem, mas não deve ficar na casa da família por causa da procura de curiosos sobre a história do estudante.

O pai demonstrou estar feliz com o retorno, mas foi seco e direto nas palavras: “Sim. Voltou. Está aqui em casa. Nós não vamos falar nada agora, só mais para frente. Ele não vai falar nada!”, disse antes de encerrar a ligação.

Livros

No mês passado, o primeiro de 14 livros escritos à mão e criptografados por Bruno, “TAC - Teoria de Absorção de Conhecimentos” entrou para a lista dos mais vendidos do país na categoria “não ficção”.

A família de Bruno afirma que, no momento, não vai comentar detalhes com a imprensa sobre o reaparecimento do rapaz.

A Polícia Civil deve ouvir Bruno em breve. 

Além dos livros que escreveu antes de sair de casa Bruno deixou cópias de suas teorias nas paredes, teto e chão do quarto e uma estátua do filósofo Giordano Bruno, avaliada em R$ 10 mil. 

 

As informações são do portal G1.

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
Publicidade4
Publicidade